Siga-nos

HISTÓRICO

LOUD: campeão da américa, equipe ficou no quase diversas vezes

Resumidamente, confira o histórico da LOUD ao longo de dois anos no competitivo..

LOUD: campeão da américa, equipe ficou no quase diversas vezes
Foto: Bruno Alvares & Jéssica Liar/Garena

Idealizada e criada a dois anos, a LOUD tem uma grande história no cenário competitivo de Free Fire. A organização detém o título de campeão da américa que conquistou no ano seguinte de sua criação, após isso muitas reformulações foram feitas na equipe e não sobrou ninguém de sua line-up inicial.

Nesta matéria mostraremos resumidamente a história da organização no jogo, desde seus títulos a seus perrengues ao longo de sua jornada. A LOUD apesar de ter um título em sua carreira, a mesma viveu diversos momentos marcantes como a decaída para zona de acesso da Liga Brasileira de Free Fire.

HISTÓRICO LOUD

LOUD entra no competitivo de Free Fire na Pro League season 2, a mesma apesar de nova conseguiu um ótimo desempenho nas classificatórias do grupo A ficando na terceira posição. Mas, ao chegar nas grandes finais da competição, a equipe não conseguiu desenvolver seu jogo ficando na 8ª posição.

Na Pro League season 3 a equipe ressurgiu com um olhar diferente, ficando em segundo lugar na classificação de seu grupo. Avançando para as finais a LOUD até sonhou com o título, mas a equipe do Corinthians acabou desbancando a verdinha que acabou na segunda colocação geral.

Mundial 2019

Classificada para o FFWS 2019, a LOUD vinha como uma das principais equipes na disputa do título, porém não desenvolveu o seu melhor jogo, o que fez com que a organização não alcançasse a posição desejada na competição. Terminando na 9ª posição, a mesma se reinventa para chegar mais forte nas próximas disputas.

Copa América

Chegando no “Ano da LOUD”, a organização consegue a sonhada classificação para a Copa America que acontecia no México. Na disputa com outras 11 equipes, o time da LOUD obtém o seu melhor resultado no competitivo situando-se em primeiro lugar na tabela final. Com sangue nos olhos, o time seguia para estreia da Liga Brasileira de Free Fire.

LBFF 1

Com belos resultados nas classificatórias, a LOUD vinha como um dos destaques para a grande final da LBFF 1 série A. Na final, a equipe chegou na disputa do título, porém não conseguiu se sagrar campeão ficando na terceira posição da tabela geral, mas com uma diferença minima da Team Liquid que ganhou a campeonato.

C.O.P.A Free Fire

A C.O.P.A Free Fire chegava como o campeonato substituto da LBFF 2, já que a mesma não existiu. Mandando bem nas qualificatórias, a LOUD finalizou seu percurso na terceira colocação, garantindo assim sua vaga na final. Na final a equipe não teve o melhor desempenho, terminando assim com o seu pior resultado (11º) até então.

LBFF 3

Uma frase que se encaixa perfeitamente na LBFF 3 para a LOUD é: “nada está tão ruim que não possa piorar”. Fazendo referências ao split anterior onde a mesma não foi bem, na Liga Brasileira de Free Fire 3 a equipe foi além e não conseguiu nem se classificar para a grande final. Sendo assim, a equipe jogaria a primeira zona de acesso de sua história.

Zona de Acesso

A Zona de Acesso foi algo a agregar na LOUD, a equipe juntamente com outras 3 da série A disputaram 4 vagas com times da série B para retornar a Elite do Free Fire. Ficando em primeiro lugar com folga a organização acendia a chama nos olhos de nunca mais cometer o mesmo erro e comprometer sua vaga na competição.

LBFF 4

Como uma Fenix, a LOUD ressurgia das cinzas após o acesso. Com gás para buscar o título e novas contratações a equipe fez uma qualificatória ótima, posicionando-se na quarta posição com 697 pontos. Já nas finais foi melhor ainda, disputando o título até o fim, a LOUD bateu na porta mais uma vez. Apesar da mesma pontuação, por critérios de desempate o Fluxo se sagrou campeão.

Mundial 2021

Apesar de não conseguir ganhar a LBFF 4, a LOUD garantiu sua classificação para o seu segundo mundial. Ficando na cara do título a equipe mais uma vez bateu na porta. Situando-se na segunda colocação, o time volta de Singapura como vice-campeões do FFWS 2021 que teve a Phoenix Force na primeira colocação.

LBFF 5

Na LBFF 5 a equipe cai de rendimento, se classificando para a final na oitava posição. Nas finais a LOUD garante o seu pior resultado desde sua ida para zona de acesso, posicionando-se na 10ª posição. A equipe que foi bem nas primeiras quedas acabou desandando seu jogo, o que fez com que a equipe não disputasse o título.

LBFF 6

No quase mais uma vez! A LOUD conseguiu sua passagem para a grande final da LBFF 6, a mesma fez ótimas partidas garantindo dois BOOYAHS. Mas, apesar disso a equipe sofreu na última queda, o que fez com que outas equipes ultrapassassem a mesma, terminando assim na quarta posição com 7 pontos de diferença da B4 eSports grande campeã.

Siga-nos

Twitter

Instagram

Facebook

YouTube

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Facebook

Mais em HISTÓRICO

pt_BR