Infringir as regras da Liga Brasileira de Free Fire é algo que não se pode fazer, sabendo da rigidez da Garena contra equipes e pessoas que ousam burlar essas regras para obter vantagem, ainda existe quem faça isso.

Nesta quinta-feira (09), a empresa por meio de um comunicado oficial em seu site anunciou a suspensão de diversos jogadores e técnicos de organizações.

Sr. José Carlos de Carvalho (Oz Trutas) e o Sr. Rafael Moreira Mendes (MDL eSports) conspiraram durante a temporada da LBFF 5 na série B, após inspeções da Garena foram constatadas as infrações que resultaram na desclassificação da MDL eSports da LBFF 6 na qual atuava na série B.

As equipes que infringiram as regras da LBFF foram a Medellín Games e Oz Trutas que tiveram severas punições. Ao serem finalizadas as inspeções, a empresa divulgou a lista de pessoas suspensas.

– Guilherme “Andrade10”  – Addyson Cesar “FALLENx”  – Kauã Matheus “GARCIA7” – Guilherme “GKZINNx”  – Douglas “Rynut”  – Wilian “WILL777”  – Mathias “ZIKKA7” – Lucas “LG6” – Douglas “Pires”  – João Gabriel “JAUM”  – Carlos Eduardo “FOOXY” – Leandro “ALPHA”  – Matheus “VENTURA”  – José Guilherme “HAWKING”

Na lista de suspensos se encontra o campeão mundial pela equipe do Corinthians, Douglas “Pires” da Silva que atua na equipe da Medellín Games.

Vale lembrar que as pessoas listadas acima estão suspensas até o fim da temporada de 2021. Pessoas especializadas analisarão no final da temporada se os mesos estrão aptos a voltar a LBFF.

“Os Srs. José Carlos e Rafael estão suspensos por tempo indeterminado e não poderão ser inscritos na LBFF, assim como não podem ter qualquer tipo de vínculo com equipes da Liga Brasileira de Free Fire (sejam das Séries A, B ou C) ou em campeonatos apoiados oficialmente pela Garena. Caso seja detectado qualquer vínculo, a equipe e seus membros serão também suspensos da competição por tempo indeterminado”.